A abertura do IV Congresso Brasileiro de Biomedicina Estética foi marcada por muita emoção.

Durante seu discurso de abertura, a presidente da Sociedade Brasileira de Biomedicina Estética, Dra. Ana Carolina Puga, também organizadora do evento, contou um pouco de sua história de luta para conseguir tornar a biomedicina estética uma especialidade da biomedicina.

“Com todo o embasamento e conhecimento que nós biomédicos temos, podemos sim atuar com a estética. No dia em que eu consegui que o Conselho Federal de Biomedicina aprovasse a habilitação do biomédico em estética, meu mundo parou. Eu finalmente pensei ‘alcançamos’” contou a Dra. Ana, em um discurso emocionado na frente de um auditório lotado de congressistas e alunos graduandos em biomedicina.

A Dra. Ana Carolina ainda contou como sua luta pela biomedicina estética abriu oportunidade para que outras áreas da saúde também buscassem pelo seu direito em se habilitar.

“Percebi que essa é a era da biomedicina estética, o biomédico saiu de trás de um balcão e foi para a área clínica, ganhou sua independência, não é mais menosprezado pelos laboratórios e outras portas se abriram para esses profissionais”, ressaltou a presidente da SBBME.

A cerimônia ainda contou com o discurso de inclusão, respeito ao código de ética e importância do trabalho multiprofissional e união dos profissionais da saúde. Os convidados para a mesa de abertura foram  Maria Elizabete Salina Savana, representando a Unicid, o Dr. Bruno Oliva, do CRB 1 região e o Dr. Délio Ciriaco, advogado de assuntos jurídicos da SBBME.

O IV CBBME acontece nesta sexta-feira e sábado na sede da Unicid e terá mais de 30 palestrantes.

857b1afa1420f75d5d65eacc00d0e9785b05bb04745ff075e8pimgpsh_fullsize_distr

Deixe aqui seu Comentário

Login com:

Loading Facebook Comments ...

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor insira seu comentário aqui!
Please enter your name here

Somos apaixonados pelo que fazemos e fazemos tudo por amor. Nosso compromisso é apenas com a verdade e com o que acreditamos e defendemos – a biomedicina estética é legítima, um direito do biomédico, do biomédico esteta, do graduando em biomedicina e, principalmente, de toda a sociedade beneficiada com as informações aqui divulgadas e como caminho de beleza e elevação da auto-estima.