Curso livre habilita e capacita o profissional para atuar?

Os cursos livres fazem parte da modalidade de Educação Profissional. São a alternativa ideal para quem quer aprimorar seus conhecimentos, mas não pretende fazer um curso de longa duração. Mas o curso livre habilita e capacita o profissional para atuar? Continue lendo e descubra mais! De acordo com o Artigo 42, da Lei nº 9.394/1996, […]
Os cursos livres fazem parte da modalidade de Educação Profissional. São a alternativa ideal para quem quer aprimorar seus conhecimentos, mas não pretende fazer um curso de longa duração. Mas o curso livre habilita e capacita o profissional para atuar? Continue lendo e descubra mais! De acordo com o Artigo 42, da Lei nº 9.394/1996, os cursos livres, ou cursos profissionalizantes, são cursos que não exigem escolaridade mínima e são abertos à comunidade. Podem ser feitos à distância ou presenciais e são focados em aprendizados específicos, com o objetivo de aprimorar ou desenvolver capacidades e habilidades particulares dentro de determinada área de atuação. A duração varia de algumas horas a alguns meses dependendo do curso. A modalidade de cursos livres não permite a emissão de diplomas, apenas certificados, pois, apesar de partir de um projeto sólido com professores especialistas, não é reconhecida pelo MEC. Isso não quer dizer que o certificado não seja válido no mercado de trabalho. Significa apenas que a carga horária e estrutura curricular não estão sob guarda do Ministério da Educação como os cursos superiores e outros com maior carga horária.

Para quem é mais indicado?

Os cursos livres são indicados para profissionais que buscam se qualificar em um período mais curto, para quem está iniciando no mercado de trabalho, para quem quer somente aperfeiçoar um conhecimento ou aprender algo novo com foco em sua área de atuação. São ideais para quem procura uma especialização mais acessível financeiramente também. Para profissionais da área estética por exemplo, existem vários cursos livres disponíveis para capacitação nos procedimentos mais procurados no mercado como: Harmonização Facial, Toxina Botulínica e Preenchimento, Ozonioterapia, entre outros.  Esses cursos duram geralmente entre um e três dias, capacitando amplamente o profissional da saúde estética e com valores entre R$ 500 a R$ 3.000

Quais as vantagens?

Por se tratar de um curso com menor duração, os cursos livres são mais diretos e objetivos. Enquanto outros cursos como técnicos, pós graduações e graduações contam com uma grade curricular extensa, que passa por diversos conteúdos, os cursos livres tratam as disciplinas de forma bem específica, indo direto ao ponto. Esse ganho imediato do conhecimento é uma vantagem interessante em relação aos cursos de longa duração.

Comentário (6)

    • Sempre recomendamos que os biomédicos busquem se especializar em uma IES credenciada pelo MEC. O Nepuga/FAPUGA, é uma instituição parceira do nosso blog, dirigida pela Mãe da Biomedicina Estética Dra. Ana Carolina Puga

  • Boa tarde, tenho interesse em fazer o curso, sou formada em matemática.
    quero atuar no ramo da estética facial, e preciso saber também se com o certificado consigo comprar os produtos para fazer os procedimentos. Eu posso fazer esses cursos livres

    • Olá Marcia, como dito, os certificados valem no mercado de trabalho, mas não possuem peso de diploma. Existem vários tipos de atuação na estética facial que utilizam produtos diferentes, não conseguimos compreender a sua dúvida 🙁

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2010-. Portal da Biomedicina Estética.
logo biomedicina estética