CFBM publica resolução que autoriza biomédicos a solicitarem exames laboratoriais

Resolução dispõe sobre solicitação de exames laboratoriais em áreas específicas da biomedicina.
biomedicina resolução exames laboratoriais

A impossibilidade de muitos profissionais da saúde estética solicitarem exames laboratoriais dificulta a prescrição de procedimentos integrativos, principalmente para os especialistas em Biomedicina Estética. 

Mesmo sendo profissionais capacitados para atuarem com análises clínicas, quando falamos sobre a prescrição de exames laboratoriais, os biomédicos estetas não são liberados. 

Mas isso mudou com a resolução CFBM nº 347/2022, deste ano, que habilita o pedido de exames laboratoriais por biomédicos que atuam em áreas específicas.  

Agora, os profissionais terão não só mais liberdade como, também, mais autonomia para aplicar e decidir quais os melhores procedimentos para seu paciente e, consequentemente, 

A resolução

Publicada no dia 12 de abril deste ano pelo Conselho Federal de Biomedicina Estética (CFBM), a resolução causou um alvoroço na comunidade Biomédica. 

Contudo, a resolução não agradou a todos, visto que apenas os profissionais de áreas específicas da biomedicina poderão solicitar exames laboratoriais. 

São eles: fitoterapia, medicina tradicional chinesa, ozonioterapia, perfusão extracorpórea, aconselhamento genético, biomedicina estética e fisiologia do esporte e da prática do exercício físico. 

Os exames solicitados, porém, não serão utilizados para fins de firmar diagnósticos nosológicos, ou seja, o biomédico não poderá solicitar um exame a fim de saber a natureza de uma doença. 

O que muda na vida do biomédico esteta?

Antes, os profissionais da área da Biomedicina Estética podiam encontrar dificuldades na aplicação de tratamentos de seus pacientes, justamente pela falta de exames laboratoriais.

A resolução é um passo mais que fundamental para a autonomia dos profissionais da Biomedicina Estética no momento da triagem e no acompanhamento dos seus pacientes. 

Afinal, os biomédicos estetas, após essa resolução, podem solicitar tais exames para acompanhar o paciente antes ou depois de um procedimento, de modo a dar maior segurança ao paciente, visto que o mesmo pode não alcançar os resultados esperados por conta de uma condição física ou metabólica. 

No entanto, caso perceba alguma alteração não compete a esse profissional esteta a realização de um diagnóstico. Sendo necessário, encaminhar o paciente em questão a outro profissional da Saúde que tenha competência legal para diagnosticar e prescrever cuidados específicos para o paciente. 

O que diz a Mãe da Biomedicina Estética? 

A biomédica esteta e integrativa Dra. Ana Carolina Puga comemorou a novidade dentro do campo da sua área. Veja entrevista com a Mãe da Biomedicina Estética: 

“Finalmente, nós Biomédicos Estetas, conseguimos o que tanto queríamos: podemos solicitar exames laboratoriais! Isso é essencial e muito importante na triagem e no acompanhamento do nosso paciente estético, pois qualquer alteração metabólica dele pode impossibilitá-lo de fazer diversos procedimentos estéticos. Com essa autorização do CFBM, poderemos trabalhar com mais segurança ainda no quadro de cada paciente. Sem contar que há anos vínhamos pedindo uma resolução onde pudéssemos utilizar nossos conhecimentos laboratoriais dessa forma”, disse ela em uma entrevista concedida ao Nepuga/FAPUGA.

Segundo a especialista, visto que esta nova habilitação pode proporcionar um tratamento mais adequado aos pacientes.

“Com essa liberação poderemos trabalhar com mais segurança ainda no quadro de cada paciente. A resolução 374/22 se estende para todas as outras áreas da biomedicina que lida diretamente com o paciente, o que inclusive, essa proximidade é fruto de uma grande conquista que alcançamos lá em 2010, com a resolução da Biomedicina Estética, onde abrimos as portas para diversas outras habilitações para o biomédico atuar com o bem-estar das pessoas, como com as PICs (Práticas Integrativas e Complementares), a ozonioterapia, fitoterapia, fisiologia do exercício e entre outras”, explicou.

E aí? O que você achou dessa nova resolução? Já estava esperando por ela? Acha que vai melhorar a qualidade do atendimento que presta aos seus clientes? Comente aqui embaixo e nos conte a sua opinião! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2010-. Portal da Biomedicina Estética.
logo biomedicina estética