Artigo científico publicado por biomédica esteta de São Paulo, fala sobre os tratamentos para Alopecia Androgenética

A alopecia androgenética (AGA) é a causa mais comum de perda de cabelo, afetando até 80% dos homens e 40-50% das mulheres durante a vida. Como é um problema aparente, a queda de cabelo afeta muito a autoestima das pessoas.

Hoje na biomedicina estética tratamos a alopecia androgenética com a intradermoterapia capilar, mas existem diversas substâncias no mercado que prometem sanar este problema, e é sobre isso que a biomédica esteta, formada pelo Nepuga, Estela Busanello fala no artigo “Alopecia Androgenética  e dutasterida no cabelo – Mesoterapia: uma breve revisão”, publicado na revista científica Our Dermatology.

No artigo foram abordados a técnica de mesoterapia, a segurança e a eficácia desse procedimento, assim como o uso da dutasterida e alguns produtos químicos utilizados para o aumento do crescimento do cabelo.

Quer ler o artigo completo? Clique aqui.

Tricologia
Loading Facebook Comments ...

7 COMENTÁRIOS

  1. Biomédicos não devem tratar doenças ou desfunções dermatológicas-funcionais, o biomédico não é formado para isso e tão pouco na especialidade estética se prepara para tal contexto, cabe as doenças de todo o sistema tegumentar ser tratado pelo dermatologista e as disfunções dermatológicas ao fisioterapeuta dermato-funcional.

    • Resta saber qual é a fundamentação que comprove que alopécia seja de fato uma doença, pois ninguém morre ou perde funcionalidade por queda de cabelo. E mesmo que fosse, o que não é, qual é a qualificação de um fisioterapeuta para tratar de doenças? E qual é a competência de um dermatologista curar a careca das pessoas ou essa “tal doença”? No máximo é considerada uma disfunção biopsicossocial, que afeta a autoestima das pessoas e que pode ser melhorada com tratamentos terapêuticos. Ninguém consegue determinar se uma alopécia está curada ou estacionada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Somos apaixonados pelo que fazemos e fazemos tudo por amor. Nosso compromisso é apenas com a verdade e com o que acreditamos e defendemos – a biomedicina estética é legítima, um direito do biomédico, do biomédico esteta, do graduando em biomedicina e, principalmente, de toda a sociedade beneficiada com as informações aqui divulgadas e como caminho de beleza e elevação da auto-estima.