Você sabia que o Biomédico esteta não faz procedimentos cirúrgicos invasivos? Isso mesmo, o biomédico esteta faz apenas procedimentos minimamente invasivos e não-cirúrgicos, que não oferecem riscos aos pacientes. Mas para isso é preciso se capacitar e realizar uma boa pós-graduação para se tornar um profissional seguro e que não coloque em risco seus pacientes realizando procedimentos estéticos de baixa complexidade.

Um simples procedimento na pele pode causar queimaduras, manchas, cicatrizes e, não raro, mortes. Um preenchimento labial, por exemplo, pode entupir artérias que têm ligação direta com os olhos e o cérebro. O resultado pode ser cegueira e danos cerebrais irreversíveis.

A situação é agravada por profissionais não qualificados, clínicas clandestinas, desinformação das pessoas e desejo de se obter beleza a qualquer custo. Há um crescimento da procura e, ao mesmo tempo, da oferta por quem não está capacitado, por isso é importante procurar profissionais estetas capacitados, que não coloquem seus pacientes em risco.

Não há notícias de pacientes que perderam a vida nas mãos de profissionais estetas tais como biomédicos, enfermeiros, farmacêuticos e dentistas. Isso porque esses profissionais sempre buscam se especializarem com uma boa pós-graduação em saúde estética, se preocupam em realizar cursos de especialização para obter mais segurança, no entanto esses profissionais sofrem até hoje com a reserva de mercado que a classe médica tenta impor quanto à realização de procedimentos estéticos.

Médico sem especialização

Há algum tempo pudemos acompanhar notícias como da falsa médica conhecida como Paty Bumbum, que dizia ser massoterapeuta aplicava silicone líquido em suas pacientes, e fazia atendimentos em sua própria casa, o que causou mortes e a prisão da mesma.

Outro caso conhecido foi o do Dr. Bumbum que causou a morte de diversas pacientes após a aplicação de silicone industrial nos glúteos das clientes. Para atuar como cirurgião plástico, como fazia o Dr. Bumbum, a residência é obrigatória. São dois anos trabalhando como cirurgião geral e mais três anos se especializando apenas em cirurgia plástica, que ele se recusava a fazer.

Escolha sempre profissionais especializados

Como acontece com todas as outras técnicas estéticas, a indicação para esse tipo de tratamento deve ser feita por um profissional da área da saúde, preferencialmente um biomédico, enfermeiro, farmacêutico ou dentista estetas. O Biomédico esteta não faz procedimentos cirúrgicos invasivos e consegue resultados altamente satisfatórios e sem correr riscos.

Portanto, antes de se submeter a qualquer procedimento estético, procure por um profissional esteta qualificado, que tenha a habilitação junto ao seu conselho de classe e que tenha um título de especialização de uma instituição de ensino credenciada pelo MEC Não adianta dar tiro no escuro! Não se deixe levar por preços abaixo do mercado porque o barato, na maioria das vezes, pode sair caro!

  • Pós Biomedicina Estética 36x

Deixe aqui seu Comentário

Login com:

Loading Facebook Comments ...

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor insira seu comentário aqui!
Please enter your name here

Somos apaixonados pelo que fazemos e fazemos tudo por amor. Nosso compromisso é apenas com a verdade e com o que acreditamos e defendemos – a biomedicina estética é legítima, um direito do biomédico, do biomédico esteta, do graduando em biomedicina e, principalmente, de toda a sociedade beneficiada com as informações aqui divulgadas e como caminho de beleza e elevação da auto-estima.

Deixe aqui seu Comentário

Login com: