Justiça do Rio de Janeiro decide soltar Doutor Bumbum

Protagonista de um dos crimes mais comentados em 2018, o Doutor Bumbum conseguiu habeas corpus em decisão UNANIME da 7ª Câmara Criminal. É isso mesmo que você leu! O médico Denis Cesar Furtado, o Doutor Bumbum, será colocado em liberdade através de um habeas corpus conquistado junto à Justiça do Rio na noite desta terça-feira (30-01). […]
doutor-bumbum-solto

Protagonista de um dos crimes mais comentados em 2018, o Doutor Bumbum conseguiu habeas corpus em decisão UNANIME da 7ª Câmara Criminal.

É isso mesmo que você leu! O médico Denis Cesar Furtado, o Doutor Bumbum, será colocado em liberdade através de um habeas corpus conquistado junto à Justiça do Rio na noite desta terça-feira (30-01). Acusado pela morte da bancária Lilian Calixto, após a realização de um procedimento estético utilizando PMMA, Denis estava preso há pouco mais de SEIS MESES no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu.

Os desembargadores “acharam melhor” que o rapaz cumpra medidas cautelares ao invés de permanecer preso. Dá para acreditar?

Uma das medidas é que ele fique dentro de casa à noite e nos dias de folga (folga, é isso mesmo que eu li?). Outra diz que ele não pode deixar o Rio de Janeiro. O Doutor Bumbum responde a processo por homicídio doloso duplamente qualificado e associação criminosa. A mãe dele, Maria de Fátima Barros Furtado, que também é médica; a secretária Renata Fernandes e a técnica de enfermagem Rosilane Pereira da Silva também são rés do mesmo processo.

Resumo da barbárie

Denis foi denunciado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, após a morte da bancária Lilian Calixto, que se submeteu a um procedimento estético horas antes, realizado na residência do médico. doutor-bumbum-solto A paciente morava em Cuiabá-MT e foi até o Rio de Janeiro após o médico mudar, de última hora, o local da cirurgia. Segundo o próprio acusado, foi utilizado no procedimento cerca de 300 ml de PMMA – derivado do acrílico – o qual é recomendado a utilização em pequenas quantidades. Na cobertura também estavam a mãe do médico que tem o CRM cassado e uma técnica de enfermagem. Segundo laudo do IML, Lilian morreu de embolia pulmonar, quando o fluxo sanguíneo do pulmão é interrompido. Doutor Bumbum foi preso no dia 19 de julho de 2018. Veja mais: Após prisão de médico na Barra surgem dois novos casos de mortes por PMMA

Cuidado para não cair no conto do “médico popular”

Como todos devem saber, o apelido de “Doutor Bumbum”, fez de Denis um dos médicos mais famosos nas redes sociais. Isso trouxe “publicidade” e, infelizmente, vítimas.

Por isso, indicamos que, mesmo vendo online o conteúdo do profissional que escolheu para algum procedimento estético, analise cada detalhe. Pesquise, procure recomendações e se não há nenhum vestígio de cilada.

Afinal, muitos especialistas usam as redes para divulgar seus trabalhos e não devem ser prejudicados por meia dúzia de “ovos podres”. doutor-bumbum-solto

E o Conselho Federal de Medicina, não vai se posicionar?

Enquanto Denis é solto, outras mulheres podem esta sofrendo nas mãos de falsos médicos, ação ignorada pelo conselho, que prefere perseguir outras classes. Perante a esta notícia, qual o nível da sua indignação? Uma pessoa foi morta e tudo o que fazem é trocar a cadeia por medidas cautelares? É um absurdo!  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2010-. Portal da Biomedicina Estética.
logo biomedicina estética