Cuidado com o que você publica nas redes sociais

Você sabe o que é e o que não é permitido postar sobre o seu negócio e os seus pacientes nas redes sociais? Hoje, vamos falar de um tema muito importante e também polêmico. O que eu posso ou não posso publicar nas redes sociais? O Facebook e Instagram estão cheios de perfis e páginas […]
competitivo no mercado

Você sabe o que é e o que não é permitido postar sobre o seu negócio e os seus pacientes nas redes sociais?

Hoje, vamos falar de um tema muito importante e também polêmico. O que eu posso ou não posso publicar nas redes sociais? O Facebook e Instagram estão cheios de perfis e páginas de clínicas de estética que divulgam fotos dos seus procedimentos e pacientes. Mas será que eles estão agindo de forma correta? O Código de Ética da Biomedicina deixa bem claro, no Capítulo 3, as normas que regem os limites da divulgação e propaganda da atividade biomédica. Separamos alguns trechos: CAPÍTULO III – Da Divulgação e Propaganda Art. 6º – Os anúncios, individuais ou coletivos, deverão restringir-se:
  1. a) ao nome do biomédico e respectivo número de inscrição no Conselho;
  2. b) às habilitações devidamente registradas;
  3. c) aos títulos da profissão;
  4. d) aos endereços e horários de trabalho.
Art. 8º – É vedado ao Biomédico:
  1. a) oferecer seus serviços profissionais através de qualquer mídia para promover-se profissionalmente;
  2. b) divulgar nome, endereço, laudos ou qualquer outro elemento que identifique o paciente;
  3. c) publicar fotografia de pacientes, salvo em veículo de divulgação estritamente científica e com prévia e expressa autorização do paciente ou de seu representante legal;
  4. d) anunciar preços de serviços, modalidade de pagamento e outras formas de comercialização.

O que é praticado hoje nas redes sociais

Como a estética está ligada intimamente ao corpo, tem muitos profissionais da saúde usando fotos de clientes, da realização de procedimentos, de antes e depois, para divulgar os seus negócios. Como podemos perceber, essas atitudes vão de encontro ao estipulado no  artigo 8º do capítulo 3 do Código de Ética. Um ponto importante a ser destacado é o uso em excesso de imagens de pacientes, sem autorização. Como já vimos é proibido a divulgação de imagens de pacientes, mas o mais grave é divulga-las sem a autorização prévia do paciente. É preciso ter muito cuidado com isso!

É dever de todo o biomédico seguir as recomendações do Código de Ética

Sabemos, que o Código de Ética da Biomedicina está um pouco ultrapassado, com a tecnologia e o advento dos redes sociais fica difícil controlar a publicidade. Mas se você já atua na estética ou quer seguir essa área, esteja ciente de que precisa seguir as normas. O profissional que infringir as regras, poderá ser penalizado e ter um apontamento em sua ficha criminal. Além de poder ser autuado pelo Conselho e ter a suspensão da sua habilitação profissional. Leia o Código de Ética da Biomedicina na íntegra aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2010-2021. Portal da Biomedicina Estética.
logo biomedicina estética