É isso mesmo que você leu: a ozonioterapia está inclusa na grade da pós-graduação em estética. Agora, biomédicos, farmacêuticos, enfermeiros, entre outros profissionais, poderão atribuir mais este fantástico procedimento aos seus currículos ao realizarem a pós-graduação.

Vale ressaltar que, atualmente, investir em ozonioterapia é levar qualidade de vida, longevidade e melhorias para seus clientes.

Através da ozonioterapia, um novo leque de oportunidades é aberto. Afinal, os benefícios do procedimento tem grande influência sobre disfunções faciais e corporais.

Se interessou pela ozonioterapia e quer saber mais? Então continue com a gente.

O que é a ozonioterapia?

A ozonioterapia é prática integrativa e complementar de baixo custo, segurança comprovada e reconhecida, que utiliza a aplicação de uma mistura dos gases oxigênio e ozônio, por diversas vias de administração, com finalidade terapêutica, já utilizada em vários países como Itália, Alemanha, Espanha, Portugal, Rússia, Cuba, China, entre outros, há décadas.

Há algum tempo, o potencial terapêutico do ozônio ganhou muita atenção através da sua forte capacidade de induzir o estresse oxidativo controlado e moderado quando administrado em doses terapêuticas precisas.

A molécula de ozônio é molécula biológica, presente na natureza e produzida pelo organismo sendo que o ozônio medicinal (sempre uma mistura de ozônio e oxigênio), nos seus diversos mecanismos de ação, representa um estímulo que contribui para a melhora de diversas doenças, uma vez que pode ajudar a recuperar de forma natural a capacidade funcional do organismo humano e animal.

Como o procedimento age no organismo?

A aplicação da ozonioterapia ativa o sistema imunológico de pacientes com baixa função imune, instruindo outros glóbulos brancos para estimular a resistência da doença.

Como afirmado na introdução do ozônio, quanto mais oxigênio tivermos em nosso sistema, mais a produção de energia aumentará.

Por esta razão, a ozonioterapia passou a ser buscada desde para pequenos males de saúde, até mesmo casos veterinários ou no tratamento de câncer e AIDS.

Tornou-se rotina prática para centenas de profissionais da saúde em todo o mundo, buscando meios mais eficazes de tratamento sem toxicidade química e efeitos colaterais.

Quais os benefícios da ozonioterapia?

Abaixo iremos apresentar alguns dos benefícios da ozonioterapia. Confira:

– Aumenta a circulação;
– Melhora a captação e utilização de oxigênio e ativação de processos dependentes de oxigênio;
– Remoção de toxinas (petroquímicos incluídos) que prejudicam a respiração celular;
– Produção de energia e absorção de nutrientes;
– Estimula processos metabólicos no fígado e rins;
– Aumenta a eficiência do corpo antioxidante sistema de enzima;
– Modulação do sistema imunológico;
– Agindo rapidamente anti-inflamatório;
– Analgesia: oxida os agentes que irritam as terminações nervosas nos tecidos danificados, atenuando assim a resposta à dor;
– Antimicrobiano (antibacteriano, antiviral, antifúngico);
– Anticâncer: estimula a produção de fator de necrose tumoral;
– Possui efeitos antienvelhecimento.

Ozônio para fins estéticos

Nos tratamentos estéticos, o ozônio é administrado de várias formas. Eles podem ser feitos por vias tópicas (passando óleo ou água ozonizada no local), banho e sauna de ozônio, intramuscular, intra-articular, insuflação (retal e vaginal), subcutâneo, entre outros meios.

Entenda os tratamentos que podem ser realizados com o ozônio e quais os benefícios aliados na estética de alguns procedimentos:

– Ativa o sistema imunológico e aumenta a proteção com antioxidantes;
– Altamente eficaz em problemas vasculares;
– Reverte o processo de envelhecimento;
–  O uso tópico e externo é bastante eficaz para acne, queimaduras, úlcera na perna, feridas, eczema e outros problemas de pele;.
– Acelera a cicatrização;
– Insuflação retal com ozônio funciona para colite, proctite, prostatite, candidíase e fissura anal;
– Insuflação vaginal trata candidíase e diversas formas de vaginite;
– Rejuvenescimento da pele nas mãos e colo;
– Combate a celulite aliado a tratamentos estéticos;
– Ação capilar para combate de seborreia e caspa.

Ministério da Saúde reconhece o uso da ozonioterapia no Brasil

A Ozonioterapia é uma Terapia Complementar reconhecida pelo Ministério da Saúde e está dentro das Práticas Integrativas Complementares (PICS), liberada pelo SUS no Brasil em 2018.

O Ministério da Saúde reconheceu o uso da Ozonioterapia como Prática Integrativa e Complementar em Saúde em 21 de março de 2018 teve publicado a Portaria nº 702.

O órgão também registrou na portaria que setores de saúde adotam regularmente esta prática em seus protocolos de atendimento e citou como exemplo a odontologia, dentre outros.

Ou seja, além de autorizada, a prática é realmente eficaz e pode ser atribuída à biomédicos, enfermeiros, farmacêuticos, veterinários e outros profissionais sem problemas.

Ozonioterapia na pós-graduação em estética

A ozonioterapia foi incluída na grade da pós-graduação em estética para levar aos pacientes um campo inexplorado até então: a estética integrativa.

Nesta aula, os pós-graduandos entender melhor o funcionamento da ozonioterapia na prevenção de inúmeras patologias e em como o tratamento atua junto à estética.

Através de protocolos modernos, os profissionais trabalham com antienvelhecimento e boa forma, trazendo jovialidade aos seus pacientes.

Como listamos acima, são diversos os procedimentos que envolvem a ozonioterapia e que podem transformar a forma em que a estética é aplicada atualmente.

Assim como diversos artistas, muitas pessoas podem envelhecer de forma jovial, melhorando a estética e quem pode “fornecer” isso para elas são os profissionais como os Biomédicos Estetas, Enfermeiros Estetas, Farmacêuticos Estetas, dentistas e médicos.

  • Biomedicina2 728x90

Deixe aqui seu Comentário

Login com:

Loading Facebook Comments ...

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor insira seu comentário aqui!
Please enter your name here

Somos apaixonados pelo que fazemos e fazemos tudo por amor. Nosso compromisso é apenas com a verdade e com o que acreditamos e defendemos – a biomedicina estética é legítima, um direito do biomédico, do biomédico esteta, do graduando em biomedicina e, principalmente, de toda a sociedade beneficiada com as informações aqui divulgadas e como caminho de beleza e elevação da auto-estima.