Conselho Federal de Biomedicina se manifesta Contra o novo Ato Médico

Em sua rede social no Facebook, o CFBM (Conselho Federal de Biomedicina) se manifestou neste domingo (10) contra o Projeto de Lei 350/2014, que propõe revogar artigos do Ato Médico. O CFBM é contra esse novo PL, que nada mais é do que outra tentativa de aprovação do Ato Médico. O CFBM pediu que os […]

Em sua rede social no Facebook, o CFBM (Conselho Federal de Biomedicina) se manifestou neste domingo (10) contra o Projeto de Lei 350/2014, que propõe revogar artigos do Ato Médico.

O CFBM é contra esse novo PL, que nada mais é do que outra tentativa de aprovação do Ato Médico.

O CFBM pediu que os biomédicos convidem todos os seus amigos, familiares e colegas de trabalho para votarem contra.

“Não esqueça, biomédico, lutar contra esse PLS é garantir os seus direitos. Compartilhe essa informação. Toda a sociedade pode se manifestar contra esse absurdo. Para votar, basta ter uma conta de e-mail válida!”, diz a postagem do CFBM.

Nesta segunda-feira (11), a votação continuava acirrada, porém, os números de votos contra a PL ultrapassavam os votos a favor. Eram 41.467 votos a favor da PL e 41.675 contra a PL até às 11h da manhã.

Para se manifestar contra a PL basta clicar aqui e votar!

^4146862F15739B667C423BD70F53827B0CBABC71B5E00530AD^pimgpsh_fullsize_distr

Comentário (3)

  • A minuta que tramita para adquirir força de lei é absolutamente ridícula! A única questão abordada é a VONTADE da classe médica, NÃO aponta nenhum impedimento técnico. Não encontra eco em nenhum procedimento que um Biomédico ou outro profissional da saúde tenha executado e ocorrido qq tipo de acidente. Dessa forma esse tramite demonstra a ilegalidade, já que não pode haver um tramite, ou uma lei decretada desabilitando inúmeros profissionais sem apresentar um argumento válido que envolva risco para o ser humano, mas, como nesse caso, a vontade inóspita de profissionais gananciosos e que reconhecidamente já cometeram vários erros de procedimento, para o qual se julgam exclusivamente capazes, levando milhares de pessoas a morte ou invalidez permanente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2010-2021. Portal da Biomedicina Estética.
logo biomedicina estética