14607499001722

Em alta entre os tipos de tratamentos estéticos oferecidos atualmente, a técnica da criolipóse já está sendo chamada informalmente de nova lipoaspiração. Com a vantagem ser um procedimento não-invasivo, pacientes que desejam se livrar dos famosos pneuzinhos, ou aquelas gordurinhas localizadas que a academia não resolveu, nem a dieta, encontram na técnica uma alternativa não-cirúrgica para caber dentro daquele jeans favorito e reduzir medidas.

Como funciona

A técnica foi desenvolvida nos Estados Unidos, por pesquisadores de Harvard. Um equipamento que utiliza baixa temperatura congela a área de aplicação que pode ser feita no abdômen, culotes e costas. Esse resfriamento negativo é responsável por destruir as células de gordura. Após o congelamento, as células se rompem totalmente. O corpo do paciente entende então que aquela gordura não faz mais parte do organismo e a elimina, conduzindo-a ao fígado pelo sistema linfático para sua metabolização. É importante ressaltar que o congelamento das células não afeta músculos, nervos e outras estruturas, apenas as células de gordura, que são mais sensíveis ao frio.

Quem pode se beneficiar da técnica

A criolipóse não pode ser usada como forma de tratamento para pacientes com obesidade e sobrepeso. O paciente ideal para essa técnica é aquele que faz atividade física, dieta, academia, mas deseja eliminar a gordura localizada que o exercício não queimou.

Não são todas as pessoas que podem se submeter à criolipóse. Quem tem sensibilidade ao frio, urticária, hérnias locais, infecção de pele, gestantes, pessoas que passaram por cirurgia não podem realizá-la. O paciente precisa ser atentamente avaliado sob essas perspectivas para que se torne apto a passar pelo procedimento.

Quais são os resultados

Estudos de Harvard apontam que após duas sessões já é possível observar uma redução de 20% a 25% de gordura localizada. Com dois a três meses de tratamento a paciente já percebe as reduções de medidas na fita métrica. No entanto, para manter o resultado é necessário uma boa educação alimentar e exercícios diários.

Dor e duração das sessões

Como o aparelho faz uma sucção na área onde ele será utilizado pode ocorrer dor, porém, nada muito intenso. Depois que ocorre o resfriamento, o local fica anestesiado. Geralmente as sessões tem duração de uma hora, quando a área da aplicação é de 20 centímetros, por 20 centímetros.

 

Conheça a Cool Shaping, máquina de Criolipóse

Uma das máquinas com destaque no mercado para realização da técnica de Criolipóse é a Cool Shaping. Seu diferencial é oferecer duas ponteiras com sucção independentes, ou seja, é possível realizar o procedimento de congelamento da gordurinha localizada em duas partes do corpo ao mesmo tempo, graças às duas bombas separadas que este equipamento contém.

Cool Shaping está certificada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e conta com manutenção quadrimestral, duas vezes mais do que o exigido pela própria Anvisa.

Além de possibilitar a aplicação em duas partes do corpo ao mesmo tempo, o equipamento ainda possuí cinco ponteiras de tamanhos variados, que permitem aplicações nos flancos, na parte superior e inferior do abdômen, nas costas e na área interna das coxas.

Para entrar em contato e obter mais informações sobre o aluguel das máquinas é só telefonar para (16) 3102-5388 e-mail comercial@ramaga.com.br em Ribeirão Preto e região.

Ou (21)98410-5996 no Rio de Janeiro.

 

 

 

Deixe aqui seu Comentário

Login com:

Loading Facebook Comments ...

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor insira seu comentário aqui!
Please enter your name here

Somos apaixonados pelo que fazemos e fazemos tudo por amor. Nosso compromisso é apenas com a verdade e com o que acreditamos e defendemos – a biomedicina estética é legítima, um direito do biomédico, do biomédico esteta, do graduando em biomedicina e, principalmente, de toda a sociedade beneficiada com as informações aqui divulgadas e como caminho de beleza e elevação da auto-estima.