Cuidados com a pele masculina e franquias crescem nos EUA e Brasil

Recentemente, agências de pesquisa brasileira e norte-americana (Associação Brasileira de Franchising-ABF e Nielsen-US) registraram dados estatísticos que estão remodelando as tendências da indústria da beleza. Crescimento no cuidado da pele masculina e de franquias de beleza As vendas de produtos e serviços estéticos nos EUA cresceram 2% em 2016, enquanto no Brasil o franchising no setor […]
Negócios com cuidados da pele masculina crescem
Recentemente, agências de pesquisa brasileira e norte-americana (Associação Brasileira de Franchising-ABF e Nielsen-US) registraram dados estatísticos que estão remodelando as tendências da indústria da beleza.

Crescimento no cuidado da pele masculina e de franquias de beleza

As vendas de produtos e serviços estéticos nos EUA cresceram 2% em 2016, enquanto no Brasil o franchising no setor da beleza cresceu 8,3% em 2016, atingindo a marca de R$ 151,247 bilhões. A grande contribuição veio do aumento na procura do mercado masculino em ambos países. O segmento de Saúde, Beleza e Bem-Estar nos EUA apresentou a maior variação de faturamento no período, com 15,5% de crescimento, enquanto no Brasil o resultado supera a estimativa de 6% a 8% de expansão que havia sido feita pela ABF em 2016. Jordan Rost, vice-presidente da Nielsen-US, observou que, diferentemente de outros segmentos da beleza, o crescimento de vendas foi maior nos serviços e produtos para cuidados da pele masculina, ultrapassando as vendas nos dos femininos, considerados como de maior prestígio e tradição. Cuidados com a pele masculina cresceram uma média total de 4% em 2016, e em alguns segmentos específicos houve uma variação de 7% a 74%. De acordo com a ABF o setor da beleza que mais cresceu no Brasil em 2016 foi o de clínicas de saúde, salões de barbearias e de produtos para beleza com a chegada de novas marcas, superando o setor de serviços automotivos e os setores da moda e alimentação que vêm logo atrás respectivamente. De acordo com a Abihpec, salões masculinos como barbearia e o consumo de produtos e serviços cosméticos para homens aumentou de 10% para 19%.

Dentre os segmentos que sofreram maiores variações de crescimento nos EUA o consumo de maquiagem está em ascensão, enquanto o consumo de serviços e produtos de anti-envelhecimento continua crescendo de forma atenuada. Os segmentos com crescimentos mais significativos foram os de cuidado facial da pele masculina com uma variação de 8 a 84%, contra um leve crescimento de apenas 1% para os de cuidado facial da pele feminina, disse Grant.

Tendências de varejo em cuidados com a pele

Segundo Grant produtos de beleza e cuidados com a pele de marca venderam mais pela internet em comparação a maquiagens e perfumes. Foi observado também na pesquisa norte-americana, que os consumidores destes produtos e serviços de beleza tomam decisão de compra descobrindo novos produtos e marcas através das mídias sociais como Instagram, Facebook, Twitter e entre outras. [widgetkit id=”28″ name=”BANNER PÓS-GRADUAÇÃO BIOMEDICINA – 30-01-2017″]   [widgetkit id=”40″ name=”Barão de Mauá > Slider 1″]  

Comentário (2)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2010-2021. Portal da Biomedicina Estética.
logo biomedicina estética