Início Ato-Médico Não Globo distorce os benefícios da ozonioterapia
reportagem-globo-ozonioterapia

Globo distorce os benefícios da ozonioterapia

6945
3

O programa Fantástico, transmitido pela Rede Globo, trouxe aos telespectadores um assunto muito falado nos últimos tempos e que tem ganhado uma grande repercussão entre diversos profissionais da saúde, a ozonioterapia

A reportagem especial do Fantástico da Rede Globo (leia-se: Rede Esgoto) que foi ao ar no último domingo (8), na verdade, foi um show de horrores repleto de informações erradas e revoltantes sobre a técnica da ozonioterapia.

A Ozonioterapia incomoda muita gente, a ponto de provocar uma matéria tendenciosa, mentirosa e verdadeiramente maligna, em um programa de audiência nacional, privando a população de acesso à informação de qualidade e literalmente lesando as pessoas no seu direito ao acesso a um tratamento oferecido inclusive, no sistema público de saúde de vários países desenvolvidos.

A Globo, sob possível matéria paga pela classe médica, vai contra o Ministério da Saúde e contra a população brasileira

Afinal, é isso que uma emissora desse porte passa para seus telespectadores, grandes mentiras e ladainhas, achando que nós somos leigos demais para procurar informações coerentes sobre tal assunto, não é mesmo?

Manipular essas pessoas com informações erradas é totalmente desnecessário, mas segue como algo comum para a respectiva emissora. Chega! Basta.

Dra. Ana Carolina Puga se manifesta em suas redes sociais a favor da ozonioterapia

A Presidente da Associação Brasileira de Biomedicina Estética (SBBME), Dra. Ana Carolina Puga, indignada com a situação, se manifestou em suas redes sociais:

“Há inúmeros médicos que desconhecem o poder do O3, mas os poucos que conhecem lutam diariamente por reconhecimento e melhor utilização para o bem da população. Acredito que mesmo havendo uma certa discriminação para com os profissionais da saúde por alguns médicos, gostaria de aproveitar para deixar aqui um desejo de unificar a classe da saúde, incluindo os médicos juntamente conosco pois somos todos profissionais da Saúde, e deveríamos lutar juntos à favor da saúde pública, do bem estar, da longevidade saudável, pois há muitos médicos que querem se envolver com a saúde e prevenção, lutam para a mudança do paradigma da imagem do médico como o “curador” de doenças, fazendo dele um “deus” que tem a “cura” em suas mão. E na verdade são também profissionais da Saúde que podem sim trabalhar não só com o individuo doente, mas com o individuo sadio, proporcionando mais saúde, mais vida e maior qualidade em seus dias com uma medicina moderna, e que certamente para isso será necessário fazer uma medicina diferente da feita até aqui.”

Distorção dos fatos é nome e sobrenome da Rede Globo

A matéria especial deste domingo, falaria sobre a ozonioterapia e os inúmeros benefícios que essa técnica está trazendo para diversos pacientes não só no Brasil, mas no mundo todo. Veja bem, FALARIA DOS BENEFÍCIOS, porque não foi isso o que aconteceu.

A emissora, por sua vez, faz do seu público simples fantoches, alegando mentiras e destorcendo situações durante a reportagem.

Tiveram a audácia de colocar um médico desinformado, ou talvez contratado pela indústria farmacêutica para mentir na “cara dura” e manipular dados sobre essa terapia que há décadas é aplicada em países de Primeiro Mundo.

A ozonioterapia não vem para substituir qualquer terapia, a técnica vem para acrescentar nos tratamentos. O próprio registro no Ministério da Saúde está como “terapias COMPLEMENTARES”, ou seja, aquelas que somam e tão logo não substituem tratamentos da medicina convencional.

Reportagem alega falta de estudos e comprovações sobre a ozonioterapia

Não, a ozonioterapia não cura AIDS e Câncer, essa técnica não é a cura de todos os males da sociedade. Ozonioterapia não é uma panaceia.

Existem, hoje, mais de 3.000 trabalhos científicos em bases como o PUBMED, que comprovam a eficácia da ozonioterpia na resolução de infecções locais e inflamações ortopédicas, dermatológicas e no controle da dor.

E mesmo assim a Rede Globo tem a vergonha de dizer que não existem artigos científicos que comprovem a eficácia da ozonioterapia?

Acredito então que, estão faltando profissionais competentes na área do jornalismo e que possam buscar mais informações, afinal não é isso que deveriam fazer?

Existem inúmeros enfermeiros, veterinários, dentistas, enfermeiros, farmacêuticos, biomédicos e médicos estudados, competentes e atualizados que realizam essa terapia de forma responsável ética e obtendo excelentes resultados, mas infelizmente a indústria farmacêutica é muito poderosa e tem muito interesse que essa técnica nunca seja legalizada.

Profissionais vão para as redes sociais alertar sobre o sensacionalismo da Rede Globo pós matéria do Fantástico

A Presidente da Associação Brasileira de Ozonioterapia, Dra. Maria Emília Gadelha, publicou um vídeo sobre a técnica da ozonioterapia e diversos outros assuntos, logo após a reportagem tendenciosa do programa Fantástico (Rede Globo).

Neste vídeo, a Dra. explica o motivo dos médicos não apoiarem a técnica, e estão tentando de tudo para que a ozonioterapia não entre no Sistema Único de Saúde, e vocês sabem o porquê?

A técnica, estando disponível, irá evitar o consumo desnecessário de uma série de medicamentos. As pessoas poderão ter alta antes do tempo e utilizarão menos medicamentos.

Desta forma, a ozonioterapia ajudará e muito a recuperar a saúde de forma bem mais natural e fisiológica, contudo os médicos bobalhões estão querendo barrar uma técnica que pode acrescentar significativamente na recuperação de pacientes com diversas patologias.

Veja o vídeo:

Além da Dra. Maria Gadelha, o Dr. Coimbra que é um dos pioneiros da ozonioterapia no Brasil e uma das maiores autoridades no assunto, também se pronunciou pós matéria tendenciosa da rede globo e fez uma live em sua página do facebook sobre a distorção e má fé dos profissionais que fizeram tal reportagem.

Confira o vídeo:

Entrevista sobre ozonioterapia foi distorcida pela emissora

Sabemos que não é de hoje que a emissora passa a editar o material com base no que querem ou no que pretendem que dê audiência, não é mesmo?

O blog teve acesso ao vídeo, com um pouco mais de 3 minutos de duração, gravado de um celular no momento da entrevista ao fantástico, no qual o Dr. Pedro Mintz fala sobre a técnica da ozonioterapia.

Prestem bastante atenção e reparem no apelo solicitado ao repórter da Rede Globo (leia-se: rede esgoto)ao final da entrevista. Desta forma, claramente, podemos entender o desvio de informações por parte da emissora. Veja o vídeo:

ABOZ emite nota de repúdio nas redes sociais após reportagem da ozonioterapia

A Associação Brasileira de Ozonioterapia (ABOZ) emitiu uma nota oficial, esclarecendo sobre reportagem tendenciosa do programa Fantástico – Rede Globo em 08/07/2018 – Ozonioterapia.

Preencha os campos abaixo e faça o download do arquivo na íntegra:


Médicos estão se formando sem ao menos ouvirem falar sobre a ozonioterapia

A Industria Farmacêutica está literalmente dentro das faculdades de medicina. Nada que seja natural pode ser aprendido na faculdade, ou se for aprendido, é sempre de forma bastante minimizada de modo que a alopatia esteja sempre a frente na cura de qualquer doença.

Só que não, não é o que temos vistos nos últimos anos. Remédios não curam, apenas remediam e causam efeitos colaterais.

As grandes industrias estão se tremendo de medo (leia-se: borrando de medo), pois com o advento da internet a Ozonioterapia (já praticada em dezenas de países) tem se expandido e não há como interromper seu sucesso.

A Ozonioterapia pode revolucionar o que entendemos hoje por medicina e isso envolve muito dinheiro, e principalmente política, não é mesmo?

A reportagem do Fantástico não foi capaz de explicar a trajetória da ozonioterapia no mundo, até chegar ao Brasil, e ainda disse diversas mentiras de que não existe nada na literatura médica que mencione a ozonioterapia ou até mesmo estudos científicos. Sério? Vamos provar para eles? Veja:

cientifico-ozonio-biomedicina

Ministério da Saúde reconhece o uso da ozonioterapia no Brasil

A Ozonioterapia é uma Terapia Complementar reconhecida pelo Ministério da Saúde e está dentro das Práticas Integrativas Complementares (PICS), liberada pelo SUS no Brasil neste ano de 2018.

Recentemente, o Ministério da Saúde reconheceu o uso da Ozonioterapia como Prática Integrativa e Complementar em Saúde, em 21 de março de 2018 teve publicado a Portaria nº 702.

Não damos a mínima se o Conselho de Medicina reconhece ou não, sabem porquê? Todos devem saber que a palavra do Conselho de Medicina é válida apenas na profissão deles (decisões de acórdão interno). O CFM não tem poder de Polícia Federal e nem de Ministério Público.

Leia mais: Ozonioterapia no Brasil – Dra. Ana Carolina Puga

Portanto, eles não possuem competência alguma para investigar sobre tal, aliás essas instituições médicas acham que possuem a força da “espada de grayskull” e que podem derrotar tudo e todos, mas sabemos que não há legitimidade alguma nisso. São meros sonhadores! Podemos ficar despreocupados.

Ora, como poderia a Globo falar bem do Ozônio (natural) que têm curado milhares de pessoas desde a primeira guerra mundial e já praticado em dezenas de países da europa e inclusive Cuba?

Sim, pois é, a reportagem péssima da Globo que durou mais de 10 minutos não falou que Ozonioterapia é terapia extremamente barata e eficaz em diversos países que a utilizam.

A Globo esqueceu de falar que a Saúde pública cubana só está anos luz a nossa frente por conta exatamente da Ozonioterapia.

Na Alemanha, a precursora na utilização do Ozônio durante a primeira guerra mundial, continua tendo milhares de casos de sucesso utilizando o Ozonio.

Estamos passando por momentos extremamente importantes, portanto o esclarecimento é necessário e a manipulação através da TV deve ser analisada e repudiada por todos nós, profissionais da saúde, e não vamos deixar com que uma única reportagem diga qual é o único e melhor caminho para a saúde no Brasil.

Curso de Ozonioterapia

Loading Facebook Comments ...

3 COMENTÁRIOS

  1. Mostre as publicações científicas informando os impactos e benefícios da técnica da ozonioterapia a sociedade “estudos científicos, revistas etc.” . Esclareça e denuncie também sobre a inferioridade da medicina brasileira com relação a Cubana isso é preocupante.
    No segmento da estética todos os dias recebo publicidade de tratamentos se dizendo ter protocolo criado por Dra. médica, biomédica e farmacêutica fulana de tal. Mas ninguém informa sobre como foi, onde foi eleborado estudos e onde está a publicação desses estudos, não há uniformidade e nem seriedade nas técnicas. Sem comprovação eu também posso criar um protocolo uma técnica, simples assim.

    • se você fosse capaz estaria mais preocupado em montar seus protocolos ao invés de criticar.

      arregace as mangas e comece a trabalhar.

      quanto ao cientificismo das coisas, demonstre você publicações comprovando malefícios e efeito placebo do ozônio.

      o próprio CFM reconhece ter recebido mais de 26.000 publicações internacionais e nacionais científicas sobre ozônio e com que competência e tradição a ciência médica brasileira tem para refutar a ciência médica internacional?

      medicina brasileira mata mais que acidentes de transito… olha ai toda a seriedade que você deposita nessas instituições….

      tanta cobrança de seriedade por que o exemplo não começa de você? cabeça oca!

    • “Mas ninguém informa sobre como foi, onde foi elaborado estudos e onde está a publicação desses estudos, não há uniformidade e nem seriedade nas técnicas.”

      Procure! As informações não vão cair nas suas mãos! Vá atrás! Tem várias bases de dados com artigos. Se você quer informação tem que procurar.

      A saúde pública de Cuba é um exemplo, se você não sabe a respeito dos melhores países que oferece saúde pública decente tão melhor quanto a particular estude um pouco, lhe convido a assistir o documentário “Sicko”, aí sim você vem falar de saúde pública aqui. E estude o SUS, lindo no papel… mas na prática deixa a desejar pela falta de comprometimento dos nossos governantes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Somos apaixonados pelo que fazemos e fazemos tudo por amor. Nosso compromisso é apenas com a verdade e com o que acreditamos e defendemos – a biomedicina estética é legítima, um direito do biomédico, do biomédico esteta, do graduando em biomedicina e, principalmente, de toda a sociedade beneficiada com as informações aqui divulgadas e como caminho de beleza e elevação da auto-estima.