Médico é indiciado por morte de modelo

Responsável pelo procedimento estético realizado na modelo Raquel Santos, o médico Wagner de Moraes foi indiciado por crime de falsidade de atestado de óbito. A jovem passou mal após a se submeter a procedimento de preenchimento no rosto, e foi levada para o Hospital de Icaraí, onde morreu no dia 11 de janeiro. O atestado […]
mmmmmmo Responsável pelo procedimento estético realizado na modelo Raquel Santos, o médico Wagner de Moraes foi indiciado por crime de falsidade de atestado de óbito. A jovem passou mal após a se submeter a procedimento de preenchimento no rosto, e foi levada para o Hospital de Icaraí, onde morreu no dia 11 de janeiro. O atestado de óbito da modelo, assinado por Wagner de Moraes constava  que a morte da jovem estaria ligada ao uso de anabolizantes de origem animal, uma informação que ele só soube após a morte dela, segundo a polícia. A polícia ainda não concluiu se a causa da morte de Raquel está ou não relacionada ao procedimento estético feito na clínica. A polícia aguarda um laudo complementar que ao ficar pronto será encaminhado à Justiça. ^1F02179F11D5FD053964B7A0EADA50B88EC4C4591B28DEE169^pimgpsh_fullsize_distr

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2010-2021. Portal da Biomedicina Estética.
logo biomedicina estética