Microagulhamento tem alta procura em clínicas de estética

Microagulhamento: O que é? Para que serve? Qual profissional escolher? Essas são umas das principais perguntas feitas por clientes que desejam se submeter a esse tratamento estético.

Vamos esclarecer dúvidas e abrir horizontes para as Biomédicas estetas que desejam ter uma renda extra em um mercado de trabalho promissor.

Microagulhamento: Como funciona esse procedimento?

Também conhecida como dermaroller, a técnica é muito utilizada para o tratamento da pele pois reduz os efeitos do envelhecimento, minimiza cicatrizes e outras lesões cutâneas, como acnes e estrias.

Através da utilização de um dermaroller com microagulhas, a pele sofre microferimentos e é no esforço dela para se recompor, que consiste a produção do colágeno.

No Brasil, o roller é classificado como material plástico descartável, portanto ele não pode ser reutilizado de nenhuma forma. Para realizar essa técnica é preciso aplicar um creme anestésico na região a ser tratada, onde as microagulhas realizarão seu efeito.

A agulha que será usada no procedimento e o número de sessões podem variar de acordo com o objetivo do tratamento e o tipo de pele. Essa escolha é feita após uma avaliação realizada pelo profissional habilitado.

Procure por um profissional qualificado!

Nós, do Blog Biomedicina Estética, publicamos uma matéria sobre a Youtuber que fez o procedimento caseiro utilizando o Dermaroller após assistir vídeos na internet e obteve queimaduras e alergias. Vocês estão lembrados?

Veja a matéria: Procedimento caseiro pode causar queimaduras e alergias

Nas redes sociais, são publicadas frequentemente muitas fotos desse procedimento com excesso de sangue e, em alguns casos, com hematomas no rosto dos clientes.

Isso acontece quando o profissional escolhido não tem uma formação especifica em estética ou quando o indivíduo decide fazer por si mesmo o procedimento sem procurar um profissional altamente qualificado e habilitado pelo conselho, como por exemplo um Biomédico esteta.

Nesse tipo de tratamento, o sangramento é natural pois atingimos a derme, que é vascularizada, mas deve ser um sangramento controlado. Esse método ainda apresenta baixo risco de sangramento, infecção, lesões cutâneas e de dores durante sua aplicação, sendo considerada uma das técnicas estéticas mais seguras.

Biomédicos investem no curso de microagulhamento

Aprimorar suas técnicas, ganhar experiência, segurança e excelência prática são prioridades para os biomédicos estetas que buscam pelo curso de microagulhamento.

Como vimos na matéria, o microagulhamento é um procedimento com tendência mundial para tratamento estético de cicatriz de acne, envelhecimento cutâneo, estrias e terapia capilar.

A técnica estimula a produção de colágeno através de mecanismos inflamatórios e proliferação de fibroblastos e facilita a permeação de princípios ativos existentes nos cosméticos.

Ou seja, levar esse procedimento para sua clínica e/ou consultório pode trazer uma retorno financeiro satisfatório, além é claro da fidelização de clientes. Portanto, antes de submeter a qualquer tratamento estético, procure saber mais do profissional escolhido por você.

E aí, gostou da matéria? Quer levar essa inovação para sua clínica? Conheça mais sobre o curso de microagulhamento clicando no banner abaixo e surpreenda-se!

Microagulhamento

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor insira seu comentário aqui!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...
Somos apaixonados pelo que fazemos e fazemos tudo por amor. Nosso compromisso é apenas com a verdade e com o que acreditamos e defendemos – a biomedicina estética é legítima, um direito do biomédico, do biomédico esteta, do graduando em biomedicina e, principalmente, de toda a sociedade beneficiada com as informações aqui divulgadas e como caminho de beleza e elevação da auto-estima.