O envelhecimento na Biomedicina Estética

Bastou nascer que já estamos envelhecendo. Já estamos envelhecendo a partir do momento que a vida nos é concebida. O natural é esperar que o ser humano viva por um determinado tempo e que, com o passar dos anos, comecem a surgir algumas disfunções estéticas e metabólicas. Isso faz parte do envelhecimento natural de cada […]
Bastou nascer que já estamos envelhecendo. Já estamos envelhecendo a partir do momento que a vida nos é concebida. O natural é esperar que o ser humano viva por um determinado tempo e que, com o passar dos anos, comecem a surgir algumas disfunções estéticas e metabólicas. Isso faz parte do envelhecimento natural de cada uma de nós. Nosso colágeno vai perdendo qualidade, nossa pele vai ficando mais ressecada e uma certa gordura é acumulada de maneira localizada e visceral com o objetivo de assegurar reservas de energia para funções vitais. Logo, o envelhecimento é fisiologicamente esperado. Deste modo, nenhum biomédico que atua com estética pode passar ao paciente um prazo de validade a qualquer tratamento estético. Muitos pacientes nos questionam: “Mas vai durar quanto tempo este resultado”? A resposta é bem delicada. Pois a duração do resultado, vai depender do ambiente em que o paciente está inserido, qualidade de vida quanto à alimentação, consumo de água, descanso, atividade física, cuidados básicos com a pele e corpo. Um paciente, por exemplo, que está tratando de manchas com o biomédico esteta, possivelmente será orientado a fazer a manutenções home-care e retorno sistemático de sessões na clínica. O tratamento de manchas é muito mais um gerenciamento da pele do paciente, do que uma única intervenção individual ou seriada de peelings e ou lasers em dias de sessão na clínica biomédica. Quando o paciente não segue as recomendações biomédicas, cometendo descuidos básicos e rotineiros como: exposição solar prologanda sem uso de filtro solar, exposição da pele a altas temperaturas e entre outros atos de negligência no tratamento fará, obviamente, com que o resultado seja reduzido, ou até, comprometido. Um paciente que quer realizar um programa para combate às olheiras que não dorme devidamente, que tem uma vida agitada/estressada, que não consome água entre outros cuidados, os resultados podem até aparecer logo após a intervenção biomédico, mas sem os cuidados mínimos em casa e na rotina do dia-a-dia, não há resultado estético que resista de maneira prolongada, compromentendo com o objetivo final. Os resultados de qualquer tratamento precisam ser sustentados por hábitos saudáveis. Estética não anda sozinha, é sempre acompanhada pela nutrição, cuidados básicos e atividades físicas. Balanceando esses pilares, os resultados permanecem. Nenhum tratamento estético é para sempre, e uma vez que entramos no caminho da vida, naturalmente, o envelhecimento nos acompanha. E o que nos resta, é fazer de tudo que for possível para retardar e melhorar nossa qualidade de vida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2010-. Portal da Biomedicina Estética.
logo biomedicina estética