Tudo sobre a depilação facial a laser

A técnica que se utiliza do laser para remoção dos pelos faciais está cada vez mais popular. Você já usou ou conhece o laser para o rosto? Saiba mais sobre a depilação facial a laser e como ela é capaz de acabar com os problemas de pelos no rosto que incomodam tanto as mulheres. Mulheres […]

A técnica que se utiliza do laser para remoção dos pelos faciais está cada vez mais popular. Você já usou ou conhece o laser para o rosto? Saiba mais sobre a depilação facial a laser e como ela é capaz de acabar com os problemas de pelos no rosto que incomodam tanto as mulheres.

Mulheres que sofrem com pelos no rosto

O excesso de pelos no rosto, principalmente na região do buço, é um problema que muitas mulheres enfrentam. Quando os pelos são fininhos, eles costumam não incomodar tanto e são fáceis de serem removidos com procedimentos simples de depilação facial com cera ou mesmo com a pinça. No entanto, o problema é mais sério para as mulheres que possuem pelos faciais grossos e escuros. Geralmente, a eliminação é mais difícil com os procedimentos de depilação facial mais comuns e os resultados não são tão satisfatórios. Além de voltarem a crescer muito rápido, os pelos grossos podem encravar, mexendo com a alto-estima das mulheres que se incomodam por ter o rosto marcado.

O que é a depilação facial a laser?

O procedimento surge como um grande herói para algumas mulheres. A técnica de depilação facial utiliza a energia luminosa do laser para fazer a remoção progressiva dos pelos. Até a década de 70, o procedimento era considerado doloroso e pouco eficaz. Mas com o avanço nos estudos dos princípios do laser, a técnica passou a ser muito mais eficiente e é considerada uma das mais indicadas na eliminação dos pelos faciais inconvenientes.

O laser atua diretamente na melanina, substância responsável pela coloração do pelo. Isso faz com que os pelos escuros respondam melhor à depilação do que os pelos claros. Apesar do procedimento ainda ser um pouco doloroso, é possível utilizar pomadas anestésicas e jatos de ar frio para diminuir a dor.

Quem faz a depilação a laser precisa passar por algumas sessões. A quantidade irá depender de cada caso, mas os resultados costumam aparecer depois de quatro sessões. Elas geralmente são feitas com um intervalo de 30 a 45 dias.

Diferentes tipos de laser

Alguns tipos de laser são utilizados no mercado, mas os mais conhecidos e utilizados são o Alexandrite, o Neodimio Yag e o de diodo. Abaixo, entenda um pouco sobre cada um deles:

– Laser Alexandrite: ele retarda o crescimento dos pelos e em alguns casos, é capaz de interromper o crescimento de parte deles. Costuma ser mais eficaz em pelos escuros, não muito grossos e em peles claras.

– Laser Neodimio Yag: é o tipo de laser com maior alcance em profundidade e que também provoca mais incômodo durante o procedimento. Ele é considerado o mais seguro e com menor chance de danos para a pele. É mais indicado para peles negras que para peles claras.

– Laser de diodo: o mais encontrado e utilizado no Brasil. Além de ser mais moderno e ter maior poder de penetração, o laser de diodo é considerado mais seguro e mais eficaz que o Alexandrite. Também costuma ser mais eficaz para peles negras que os outros tipos de laser.

Faça com um profissional qualificado

É preciso lembrar-se da importância de fazer a depilação a laser com um profissional devidamente qualificado. Só ele será capaz de fazer o procedimento adequado, estabelecer o número de sessões necessárias e o intervalo entre elas, de acordo com a pele do rosto e do tipo de pelo de cada mulher.

Se você já é do ramo e tem interesse em trabalhar com depilação a laser, visite o site do Instituto Nepuga. Lá você encontra uma variedade de cursos de estética e um curso especial sobre depilação a laser de diodo, o mais popular no Brasil e o mais procurado nas clínicas de estética.

Você já fez depilação fácil a laser? Está pensando em fazer? Conte pra gente como foi a sua experiência ou compartilhe suas dúvidas nos nossos comentários!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2010-2021. Portal da Biomedicina Estética.
logo biomedicina estética