Na noite desta segunda-feira, 01/08, o Projeto de Lei de Senado nº 350/2014, uma ementa da Lei nº12.842, de 10 de julho de 2013, onde a senadora e autora Lúcia Vânia (PSB-GO), limitava procedimentos estéticos apenas aos médicos, foi ARQUIVADO pelo Congresso Nacional.

Com esta decisão, os profissionais da saúde da área estética como biomédicos, enfermeiros, farmacêuticos e dentistas que estão devidamente habilitados às técnicas, PODERÃO CONTINUAR ATUANDO com injetáveis e procedimentos perfurocortantes.

Dra. Ana Carolina Puga comenta decisão de arquivamento da Ementa do PL do Ato Médico

De acordo com a Dra. Ana Carolina Puga, biomédica, pioneira da Biomedicina Estética no Brasil e Presidente Fundadora da Sociedade Brasileira de Biomedicina Estética (SBBME), o arquivamento deste projeto, que ainda têm suas causas desconhecidas, foi uma surpresa, mas mostra a força da união da classe dos profissionais de saúde não médicos e o apoio da população.

Ela também ressalta que a decisão do arquivamento fomentará mais o setor da saúde estética. “A decisão irá aquecer ainda mais o mercado da estética e beleza, pois os profissionais poderão continuar investindo em sua formação e exercer com mais qualidade suas funções, o que significa um crescimento em nossa área de atuação”, afirma a biomédica.

Intervenção dos Médicos Dermatologistas na Ementa do Ato Médico

Segundo a Dra. Ana Carolina Puga, a especialidade de médicos dermatologistas, por circunstâncias de benefícios próprios, foi a mais favorável a Ementa do Ato Médico.

Veja a nota na íntegra:

Tanto para nós biomédicos estetas, quanto para todos os demais profissionais da saúde estética ficou bem nítido o interesse da Dermatologia na área estética única e exclusivamente por reserva de mercado. Não permitem que os próprios colegas médicos atuem com a medicina estética, não conseguem resolver os problemas internos da própria casa (classe) e querem porque querem dar palpite na vida dos vizinhos (profissionais da saúde). São profissionais corporativistas que não aceitam a realidade de conviver em pluralidade e diversidade.

Nem mesmo outras especialidades da medicina estavam tão interessadas nesta briga por exclusividade médica em todos os âmbitos, até o CFM foi contra o projeto de lei do ato médico! Entre eles não há consenso quanto aos médicos atuarem com procedimentos estéticos, muito menos, jamais apoiariam os dermatologistas a terem direitos exclusivos de aplicar procedimentos perfurocortantes/injetáveis/escarificantes. Imaginem se apenas os médicos fossem responsáveis em realizar os procedimentos injetáveis?  O caos na saúde que isso iria gerar?

Agora com esta novidade, e o ATO que CAI por terra, a dermatologia terá que engolir o crescimento e sucesso da biomedicina estética, ou seja, ou eles aceitam os biomédicos, dentistas, enfermeiros, farmacêuticos como concorrentes ou terão que ficar restritos nas doenças, perebas, câncer de pele e outros.

A dermatologia não tinha outra cartada, nenhuma outra falsa esperança além do novo e espúrio projeto lei do ato médico para impedir o crescimento de nós, Biomédicos Estetas. Agora eles não têm mais nenhum recurso, mais nenhum argumento, ou seja, terão de nos aceitar.

Aproveito para dar um recado e convocar todos os Biomédicos e estudantes de Biomedicina que estiverem lendo esta matéria: estarei apresentando novas campanhas da SBBME no Congresso Nacional, como o verdadeiro significado de “DIREITO DA PELE” e o verdadeiro sentido de “PELE SAUDÁVEL”. Vamos pra cima!

Compareçam no CBBME 2016 e venham conferir as novidades da Biomedicina Estética, Terapia do Envelhecimento Saudável para Biomédicos e as novidades das campanhas para que sejamos ainda mais fortes e unidos!

Confira na íntegra o final feliz da tramitação do Ato Médico no Senado!

9 COMENTÁRIOS

  1. Caro colegas, nos dias de hoje devemos unir forças, para que possamos alcançar plenamente nossos deveres, devemos lutar sim contra agismos, e preconceitos pre concebidos na área de saúde, não obstante, sabemos que existem muitos charlatões, em nossa área, a minha por exemplo e muito ampla, bacharel, licenciado, e especialista esta na área de vocês., biomédicos, no entanto minha formação, la atras, de bacharel já me capacitava para exercer o que em parte, as outras ,duas me completam, sendo assim o ato medico, não fere, o que podemos fazer, e sim que, aprendemos a fazer, seja uma analise, seja uma avaliação ergométrica, seja, uma tomografia, cada um em sua limitação profissional, o que não interfere na área do outro e sim acrescenta, notemos que, quem faz o que ama faz bem feito, para ser reconhecido como perfeito, ohhhhh.. rimou sem querer, então proponho fazer com amor o que Deus nos confiou, cuidar da pessoas, um forte abraço a todos, Professor Rogério….

  2. Bom dia a todos, mas não podemos voltar a zona de conforto, pois temos o PL6126/2013, o Ato médico2, vamos correr atrás para o arquivamento! todos juntos!

      • Tudo muito estranho. Dai vale o antigo ditado: “de médico e louco todo mundo tem um pouco”. Afinal, o que é biomedicina. O formado em biomedicina tambem é doutor medico? Pq eisso que vcs tao pregando. Outra coisa, quem disse que o biomedico pode aplicar tratamentos. Mas a pior parte é a presidente da sociedade de biomedicina estética, que diz ter muito respeito a pele saudavel, chamar doencas de pele de perebas, ate com certo “nojo”. Sera que isso é reserva de mercado, ou atribuição de responsabilidade. Cuidado com que é seu “médico”, sera que ele é realmente médico

        • Não venha com essa falsa hierarquia de “doutor médico”, se você considera um médico doutor mesmo não tendo doutorado, não se exalte sobre as outras classes, certo ?!
          Aceite a área da saúde é multidisciplinar, existe uma só anatomia, uma mesma fisiologia, citologia e por ai em diante, ou estudantes de medicina estudam aliens também ?
          Existem especializações e é disso que me refiro, sou biomédico habilitado em análises clínicas e especialista em biomedicina estética, ESTUDAMOS E NOS QUALIFICAMOS !

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor insira seu comentário aqui!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...
Somos apaixonados pelo que fazemos e fazemos tudo por amor. Nosso compromisso é apenas com a verdade e com o que acreditamos e defendemos – a biomedicina estética é legítima, um direito do biomédico, do biomédico esteta, do graduando em biomedicina e, principalmente, de toda a sociedade beneficiada com as informações aqui divulgadas e como caminho de beleza e elevação da auto-estima.