Início Ato-Médico Não CFM perdeu contra a Longevidade Saudável e Antiaging
cfm perde para antiaging

CFM perdeu contra a Longevidade Saudável e Antiaging

9369
3

ERRAMOS! ATUALIZAMOS A MATÉRIA! DESCULPEM-NOS.

ESTA MATÉRIA ABAIXO FOI BASEADA EM INFORMAÇÕES DEFASADAS DE 13 DE MAIO DE 2013. INFELIZMENTE TAL LIMINAR NÃO ESTÁ MAIS EM VIGÊNCIA.

Esta liminar revela argumentos que enfraquecem todo e qualquer tipo de críticas emitidas pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) contra até mesmo a Saúde Estética e Ozonioterapia quando se ataca a “falta de comprovação científica”.

Longevidade Saudável é sim legítima na Medicina

Um dos argumentos centrais da magistrada Maria Cândida Carvalho Monteiro de Almeida – Juíza Federal – 17ª Vara da SJDF está baseado no entendimento que a ciência não é absoluta e que o Antiaging (assim como a Ozonioterapia e a Saúde Estética – nosso entendimento) não surgiu ou está aí para agredir a dignidade humana.

Conselho de Classe não tem poder de polícia, não é mesmo? Trabalhar com técnicas alternativas necessariamente não ferem o código de ética, não é sinônimo de charlatanismo e tampouco evidência de má-fé.

Segundo a Juíza, não pode o conselho (CFM) exercer um “juízo de admissibilidade” a priori dos procedimentos médicos, sob pena de violação do princípio da legabilidade, do direito ao livre exercício profissional e de atentado contra a rápida evolução da medicina.

Tais argumentos descritos, são também, fundamentos suficientes para derrubar a Resolução da Ozonioterapia que foi considerada como ato antiético, deixando claro que o CFM, mais um vez, foi pego em flagrante tentando usar de artimanhas políticas para assegurar seus interesses corporativistas e espúrios.

Segundo a Juíza, o CFM extrapola seu poder regulamentar, sendo que a Administração Pública só pode ser exercida na conformidade da lei, e que este ato de baixar resolução para impedir os médicos de exercer o direito constitucional ao livre exercício profissional e o direito profissional de prescrição, é considerado como sublegal e infralegal.

Medicina Antiaging NÃO poderia mais ser proibida pelo CFM

Infelizmente a liminar de 2013 que suspendia a Resolução CFM 1999/2012 caiu. Tal liminar derrubava a adoção de Resoluções como práticas realizadas pelos médicos corporativistas a fim de reserva de mercado dentro da própria medicina. Ou seja, novas especialidades que ameaçam as especialidades mais tradicionais são prontamente exterminadas pelos médicos corporativistas.

Tal resolução que foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) tentou se sustentar em cima de uma “extensa e duvidosa revisão de estudos científicos” que concluiu de forma unilateral e arbitrária “a inexistência de evidências científicas que justifiquem e validem a prescrição das práticas de Longevidade Saudável e Antiaging”.

Contudo, a Juíza estranhou que o CFM tenha feito vistas grossas ao fato de existir mundo uma associação “Academy of Anti-Aging Medicine”, constituída por mais de 26.000 profissionais da saúde representando mais de 110 países que trabalham com a Longevidade Saudável sob comprovações científicas.

Quem em sã consciência vai achar que a ciência médica brasileira é superior à ciência médica de nível internacional? É isso que dá quando a classe médica corporativista acha possível subestimar a inteligência de um magistrado, dos colegas médicos e de toda a população que anseia por mais saúde e prevenção.

Segundo a Juíza, o conceito de verdade científica não é mais absoluto! E que vale lembrar que a medicina homeopática e a medicina chinesa (acupuntura) foram no passado rechaçadas sob o mesmo argumento pueril “de não haver comprovações científicas” e que cada vez mais vem ganhando respeito e reconhecimento pela sociedade em geral.

Ou seja, para a magistrada nada impedia que um profissional da saúde, como um médico por exemplo, adote uma técnica estrangeira no Brasil. Segundo a liminar a Juíza achou incabível o argumento da “falta de comprovações científicas” como desculpa para impedir o médico a trabalhar, pois o antiaging não atenta contra a dignidade humana.

Decisão aponta caminhos para o livre exercício das práticas de Ozonioterapia e Saúde Estética

Com isso, tal jurisprudência aponta caminhos para que profissionais da saúde também possam evoluir em suas profissões e especialidades. E que sejam vencidos os preconceitos internos e influenciados pela estúpida medicalização brasileira, e que o CFBM e demais conselhos de classe passem também a reconhecer o uso de terapias antienvelhecimento, ozoniotepia e terapias integrativas em benefício e segurança da população!

Neste caso da liminar do antiaging, desejamos que a justiça também acate tais argumentos nos casos da Enfermagem Estética e Odontologia Estética, e que tais exercícios profissionais voltem a ser permitidos.

Preencha os campos abaixo e baixe a liminar na íntegra:


Vocês já ouviram falar em hormônios bioidênticos? Sabem o que são e para que servem?

Os Hormônios são substâncias químicas que transferem informações e instruções entre as células de nosso corpo. Algumas pessoas gostam de denominá-los como mensageiros químicos do corpo. Eles regulam o envelhecimento no adulto e o desenvolvimento na criança, controlando todo tipo de função, como metabolismo, tecidos, funções reprodutivas entre outros.

Os hormônios bioidênticos são aqueles que têm exatamente a mesma estrutura química e molecular encontrada nos hormônios produzidos pelo organismo. Por esse motivo, sua ação em nosso corpo é mais fisiológica e natural, como se fosse produzido pelo nosso organismo.

Ao contrário do que a medicina tradicional, conservadora e corporativista preconiza de maneira indevida e sem comprovações científicas, os hormônios bioidênticos com certeza não causam os mesmos efeitos colaterais de hormônios industriais e estranhos à fisiologia humana.

Compreender, dominar e conhecer a fisiologia das múltiplas quedas hormonais é muito importante para garantir boa saúde, longevidade e o não surgimento de doenças.

O Antiaging e Longevidade Saudável usam reposição de hormônios bioidênticos para melhorar esse processo natural da vida do ser humano. É possível também modular hormônios a partir de precursores fitoterápicos que são permitidos ao biomédico esteta.

BANNER PÓS GRADUAÇÃO LONGEVIDADE SAUDÁVEL E PRÁTICAS INTEGRATIVAS

 

Veja aqui: Conheça os hormônios bioidênticos e a importância de cada um em nosso organismo

Loading Facebook Comments ...

3 COMENTÁRIOS

  1. Também tentei achar essa liminar.
    Mas não encontrei.
    No texto da matéria cita um link que deveria ir para o texto da liminar.
    Mas não tem link algum.
    Seria possível colocar o link dessa liminar, de preferência o da justiça, de forma a possibilitar o acompanhamento ??

  2. Essa liminar foi expedida em 2013 mas, ao que parece, revogada logo depois. Essa notícia me parece antiga. Não consta nenhum novo passo nesse sentido, apenas aqui. Podem passar o número do processo, por favor?

  3. Nunca vi uma reportagem falar tanta verdade. Então quer dizer que se o médico quiser prescrever hormônios bioidênticos com a finalidade de reposição para os níveis normais de uma determinada faixa etária então ele pode fazer… Assim tem lógica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Somos apaixonados pelo que fazemos e fazemos tudo por amor. Nosso compromisso é apenas com a verdade e com o que acreditamos e defendemos – a biomedicina estética é legítima, um direito do biomédico, do biomédico esteta, do graduando em biomedicina e, principalmente, de toda a sociedade beneficiada com as informações aqui divulgadas e como caminho de beleza e elevação da auto-estima.