Ato Médico 2 pode prejudicar ainda mais a atuação dos profissionais da saúde

No passado, as profissões da Saúde, em uníssono, defenderam a Saúde multiprofissional. Agora, em mais uma tentativa de cercear a liberdade de acesso à saúde, a Ato Médico 2 volta a tramitar na Câmara dos Deputados.

O Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (COFFITO) divulgou nas redes sociais e em seu site oficial um texto indo totalmente contra o Projeto de Lei 6126/2013.

No site oficial, o Sistema COFFITO/CREFITOs se colocou terminantemente contrário a todo e qualquer cerceamento da liberdade das profissões regulamentadas. Em defesa do direito de livre arbítrio da população e de uma atenção de saúde digna.

O Sistema, mais uma vez, solicitou apoio dos profissionais e da sociedade, a fim de evitar prejuízos imensuráveis à saúde brasileira.

COFFITO Ato Médico 2
Banner divulgado nas redes sociais e no site oficial da COFFITO

Durante todo a tramitação do Projeto de Lei Ato Médico, em 2013, os conselhos se mantiveram ativos, lutando contra a tentativa desenfreada da medicina em monopolizar oa áreas de atuação.

Na época, foram realizadas audiências públicas, reuniões, lançadas cartas de repúdio, advertências públicas e uma grande manifestação da classe.

Esse é o momento em que as classes precisam se movimentar, terem atitude e mostrarem força. Unidos, Fisioterapeutas, Terapeutas Ocupacionais, Biomédicos, Farmacêuticos e outros profissionais da saúde podem fazer a diferença!

Especialista alerta sobre o Ato Médico 2

O fisioterapeuta Dr. Raphael Ferris, diretor da Associação Brasileira de Saúde Estética e Integrativa (ABRASEI) e solidário às causas da Saúde Estética, repudia completamente a investida médica para cima das outras classes.

Segundo ele, o PL precisa ser renomeado para Projeto de Lei do Monopólio Médico, isso porque não há uma justificativa de regulamentação e atualização das práticas da medicina.

“Há simplesmente um interesse da medicina em cercear os direitos, a autonomia dos demais profissionais da saúde. Isso está explícito no Projeto”

Ferris também destacou que a medicina não tem mais a justificativa de atualização da profissão, já que isso aconteceu em 2013 e aconteceu com vetos, garantindo a autonomia profissional das demais classes.

“Esse PL precisa ser arquivado. Existe um histórico de negativas do Ato Médico, porque ele é corporativista. Então, precisamos juntos, fazer o corpo a corpo e lutar contra o Projeto”

Saiba mais: Ato Médico 2: PL quer limitar atuação dos Biomédicos

Chegou a hora de mostrarmos novamente a nossa força. Com este novo movimento do Ato Médico 2, a qualquer momento podemos ter novidades surpreendentes, mas negativas.

Chamem os amigos, familiares e vamos todos votar CONTRA o Ato Médico 2

=> Clique aqui e vote CONTRA o Ato Médico 2 <=

“Discordo Totalmente”

#JuntosSomosMaisFortes Mostre sua força! Deixe aqui nos comentários ou nas nossas redes sociais a sua opinião sobre o tema e se indigne junto com a gente!

Deixe aqui seu Comentário

Login com:

Loading Facebook Comments ...

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor insira seu comentário aqui!
Please enter your name here

Somos apaixonados pelo que fazemos e fazemos tudo por amor. Nosso compromisso é apenas com a verdade e com o que acreditamos e defendemos – a biomedicina estética é legítima, um direito do biomédico, do biomédico esteta, do graduando em biomedicina e, principalmente, de toda a sociedade beneficiada com as informações aqui divulgadas e como caminho de beleza e elevação da auto-estima.