Mesmo perante a tantas acusações e a gravidade das lesões, a prisão temporária venceu e foi preciso ser realizada a soltura.

É isso mesmo, minha gente. O “médico” Wesley Murakami, que deformou rostos de mais de 30 pacientes utilizando PMMA está solto. Isso porque, a prisão temporária dele venceu na última quinta-feira (17-01). Dá para acreditar nisso?

Apesar do processo rolar em sigilo, na época, a justificativa para mantê-lo preso era para preservar as vítimas.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, mais duas vítimas compareceram à instituição durante a prisão do médico. Caso haja algum tipo de coação, por parte dele, uma nova prisão pode ser solicitada.

Saiba mais: Médico deforma rostos de mais de 30 pacientes utilizando PMMA

Registro está suspenso

No meio de todo esse fuzuê, pelo menos temos uma notícia boa. O fato é que o “médico” não poderá atuar, já que o Conselho Regional de Medicina do Distrito Federal (CRM-DF) suspendeu o registro dele.

Pacientes foram convencidos a fazer bioplastia com uma substância perigosa, chamada de PMMA.

Toda a investigação contra o médico está baseada em denúncias de pacientes que relataram serem “convencidos” a passar pelo procedimento de bioplastia usando o PMMA.

PMMA é considerada substância insegura e não é recomendada pela SBBME

Essa substância é considerada altamente insegura e não é recomendada pela Sociedade Brasileira de Biomedicina Estética (SBBME), pelas Associações Farmacêuticas e Associações de Enfermagem, como relatamos na matéria anterior sobre o caso.

“A SBBME não recomenda o uso de PMMA para fins estéticos dessa maneira. É um produto que pode ter uma série de complicações a longo prazo. Dependendo do caso, pode levar o paciente a óbito, como no caso da bancária Lilian Calixto, e em outros casos podem deixar sequelas horríveis”, explica a Dra. Ana Carolina Puga.

De acordo com a Anvisa, o PMMA apenas deve ser utilizado para o tratamento de deformidades, principalmente em pacientes HIV positivo, e em pequenas quantidades.

Vale ressaltar que, apenas os conselhos de biomedicina, enfermagem, farmácia e odontologia condenam o uso do PMMA. E o motivo está aí, né?

     

    Mas, e o conselho de Medicina? Vão esperar mais algum paciente morrer ou ficar com sequelas irreversíveis, causadas pelas mãos de médicos irresponsáveis?

    O mais engraçado é que, quando querem soltar fake news e liminares contra os outros profissionais da área da saúde são rápidos, mas quando o nó “aperta” para o lado deles são os primeiros a se esconderem de baixo do pano, não é mesmo?

    DEIXE SEU COMENTÁRIO

    Por favor insira seu comentário aqui!
    Please enter your name here

    Loading Facebook Comments ...
    Somos apaixonados pelo que fazemos e fazemos tudo por amor. Nosso compromisso é apenas com a verdade e com o que acreditamos e defendemos – a biomedicina estética é legítima, um direito do biomédico, do biomédico esteta, do graduando em biomedicina e, principalmente, de toda a sociedade beneficiada com as informações aqui divulgadas e como caminho de beleza e elevação da auto-estima.