Como atua um profissional na Biomedicina Estética?

A área de Biomedicina Estética foi regulamentada pelo Conselho Federal de Biomedicina (CFBM) em 2010, e desde então vem crescendo cada vez mais. O campo que visa cuidar da saúde através da beleza, tem atraído diversas gerações de biomédicos. Na prática, o especialista em Biomedicina Estética, ou Biomédico Esteta, tem a função de resolver problemas […]
Profissional Biomedicina Estética
A área de Biomedicina Estética foi regulamentada pelo Conselho Federal de Biomedicina (CFBM) em 2010, e desde então vem crescendo cada vez mais. O campo que visa cuidar da saúde através da beleza, tem atraído diversas gerações de biomédicos. Na prática, o especialista em Biomedicina Estética, ou Biomédico Esteta, tem a função de resolver problemas estéticos e promover o bem-estar físico e estético dos pacientes, realizando procedimentos e tratamentos preventivos do envelhecimento fisiológico do organismo e disfunções estéticas faciais ou corporais. O mercado para esse tipo de atuação profissional é grande, e a procura pelos procedimentos estéticos avançados só aumenta. Por isso, conheça a carreira e os campos de atuação de um Biomédico Esteta!

Campos de atuação

Assim como o Conselho Federal de Biomedicina reconhece a Biomedicina Estética, os conselhos regionais também autorizam o biomédico a trabalhar nesse campo. Logo, esses profissionais estão habilitados para atuar com procedimentos estéticos minimamente invasivos, ou procedimentos invasivos não-cirúrgicos, como:
  • Carboxiterapia;
  • Fios de Sustentação;
  • Intradermoterapia/Mesoterapia;
  • Intramuscular;
  • Microagulhamento;
  • Microvasos;
  • Preenchimento e Bioplastia;
  • Toxina Botulínica;
  • Laserterapia
  • Laser Fracionado;
  • Laser para Remoção/Clareamento de Tatuagens e Maquiagem Definitiva;
  • LED;
  • Luz Intensa Pulsada;
  • Eletroterapia
  • Correntes elétricas (todas);
  • Radiofrequência;
  • Ultracavitação;
  • Ultrassom dissipado e focalizado – HIFU;
  • Avaliação e Consulta Estética
  • Anamnese corporal e facial;
  • Análise das disfunções estéticas (dermato-fisiológicas);
  • Classificação da pele;
  • Classificação da Síndrome de Desarmonia Corporal;
  • Definição e estratégia do tratamento estético a ser realizado;
  • Dermatoscópio;
  • Evolução do paciente saudável;
  • Registro de foto;
  • Exames Laboratoriais
  • Exames rápidos para realização de triagem;
  • Análises clínicas metabólicas;
  • Prescrição e Receita de substâncias e medicamentos de fins estéticos
  • Cosméticos, cosmecêuticos e nutricosméticos;
  • Medicamentos biológicos;
  • Medicamentos correlatos;
  • Medicamentos livres;
  • Medicamentos manipulados não controlados;
  • Terapias de longevidade, antienvelhecimento, antiaging e envelhecimento saudável;
  • Responsabilidade Técnica de estabelecimentos que executam atividades de fins estéticos
  • Acompanhamento do paciente saudável durante o tratamento estético;
  • Formar um raciocínio dinâmico, rápido e preciso na solução de problemas de disfunções dermatofisiológicas dentro da Biomedicina Estética;
  • Supervisão do tratamento estético;
  • Treinamentos técnicos;
  Além de todas essas possibilidades no atendimento clínico, os Biomédicos Estetas podem aplicar os conhecimentos adquiridos atuando de maneira diferenciada dos demais profissionais da saúde e da beleza, respeitando os espaços de atuação multiprofissional, o código de ética biomédico, órgãos governamentais e as Leis em vigor. Assim, outras formas de atuação do Biomédico Esteta podem ser:  
  • Desenvolver pesquisas e trabalhos em Biomedicina aplicados à estética e suas tecnologias e procedimentos;
  • Abrir ao colega biomédico e estudante de biomedicina novos e maiores campos no mercado de trabalho;
  • Atuar como profissionais liberais em consultórios, clínicas especializadas, redes de franquias e todas as demais empresas relacionadas à indústria do bem-estar, saúde e envelhecimento/longevidade saudável;
  • Estudar e lecionar em cursos profissionalizantes, de graduação e pós-graduação na biomedicina estética.
 

Especialização em Biomedicina Estética

  Destinado aos profissionais biomédicos, a pós-graduação em Biomedicina Estética é formação com nível de especialização, que visa qualificar portadores de diploma em biomedicina para a aplicação de diversos procedimentos de estética facial e corporal, avançado ou invasivo com qualidade e precisão. Durante o curso, os pós-graduandos têm aulas práticas e teóricas para entender como funcionam os mecanismos bioquímicos e fisiológicos dos procedimentos. São elas: indicações, contra indicações, possíveis complicações e soluções de cada tratamento. Desse modo, os biomédicos que desejam se especializar na estética, vão ingressar em um mercado promissor, que permite flexibilidade na atuação e uma ótima rentabilidade financeira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2010-2021. Portal da Biomedicina Estética.
logo biomedicina estética