Campanha gerou polêmica e foi considerada como “oportunista” e “sem noção” na internet

E quando achamos que o ser humano não pode piorar eles nos provam ao contrário, não é mesmo? A Empresa Jendayi Cosméticos, postou em suas redes sociais um ensaio protesto sobre a tragédia em Brumadinho (Minas Gerais) e pasmem, a campanha foi de muita falta de caráter.

A empresa de cosméticos, contratou atores para interpretar as vítimas deste crime ambiental, onde nas fotografias eles aparecem cobertos de lama, abraçados e segurando uma bandeira do Brasil, dá para acreditar?

Vejam as fotos:

  • Campanha Mal Gosto
  • Campanha Mal Gosto 2
  • Campanha Mal Gosto 3

    O fotógrafo, “sem noção”, que trabalha no marketing da empresa se manifestou nas redes sociais:

    “O objetivo da campanha é mostrar que existe uma marca de cosméticos que se preocupa com a beleza…beleza da vida”.

    Oi? Se preocupa com a beleza da vida ou do momento de um crime ambiental como este para promover a marca? Estranho, não?

    Internautas ficam indignados e atacam empresa nas redes sociais

    Nos dias de hoje, as postagens nas redes sociais geram grandes repercussões. Desta forma, a empresa de cosméticos deletou a postagem original, no entanto outra foto permaneceu no ar, e as reações dos internautas foram de frustração e negatividade sobre a campanha.

    A empresa foi tachada de “Oportunistas” e “Sem Noção” e outros adjetivos não muito cordiais, por aproveitar de um momento tão delicado como este e levar esse caso na brincadeira.

    Aproveitar a “desgraça”, como esse crime ambiental, para promover uma marca através de uma campanha de mal gosto foi uma péssima jogada de marketing.

    E vocês, o que acharam disso? Deixe sua opinião neste post.

    Loading Facebook Comments ...

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    Somos apaixonados pelo que fazemos e fazemos tudo por amor. Nosso compromisso é apenas com a verdade e com o que acreditamos e defendemos – a biomedicina estética é legítima, um direito do biomédico, do biomédico esteta, do graduando em biomedicina e, principalmente, de toda a sociedade beneficiada com as informações aqui divulgadas e como caminho de beleza e elevação da auto-estima.