O que é o procedimento, como ele funciona, quais benefícios? Saiba isso e muito mais sobre remoção de papada

O blog biomedicina estética, entra em 2018, com o objetivo de esclarecer ao biomédico esteta todos os detalhe sobre os procedimentos estéticos que somos habilitados a realizar. E para o primeiro capítulo desta série de procedimentos escolhemos a remoção de papada. Boa leitura!

A gordura na região submental, popularmente conhecida como papada ou queixo duplo é um incômodo para grande parte da população, em especial às mulheres, elas são as que mais buscam por este procedimento nas clínicas de estética. A remoção de papada, sem dor e sem cortes, está fazendo sucesso, por isso é importante que você biomédico esteta, saiba os detalhes deste procedimento.

Dentre os fatores que causam esse acúmulo de gordura estão: ganho de peso, envelhecimento e a genética – pacientes magros também podem ter papada – e em alguns casos não importa a quantidade de exercícios que a pessoa faça, a papada continua lá. A saída então é buscar por procedimentos estéticos que removam esse problema.

O que é o procedimento de remoção de papada?

A remoção de papada é um procedimento não cirúrgico, realizado por meio de microinjeções de ácido deoxicólico na região submental, ele irá destruir as células de gordura e uma vez removidas, elas não irão mais armazenar ou acumular gordura no local.

O ácido deoxicólico está presente em nosso organismo (na bile), auxiliando a quebra e absorção da gordura dos alimentos, por isso traz resultados tão satisfatórios quando injetado na região da papada.

Se aplicado por um profissional habilitado, não traz riscos, e os resultados são impressionantes, após a primeira sessão é possível notar grande diferença na aparência do paciente.

Como é realizado o processo de remoção de papada?

Após a assepsia da área, o profissional realiza pequenas demarcações para indicar onde será aplicado o produto. A quantidade de pontos injetados irá depender das necessidades e resultados desejados por cada paciente, assim como o número de sessões.

Todo o procedimento é indolor, não sendo necessário o uso de anestesia. O intervalo entre cada sessão deve ser de no mínimo 15 dias. Um paciente com uma papada severa pode precisar de até 6 sessões.

Os efeitos colaterais mais comuns são inchaço e vermelhidão no local da aplicação, que desaparecem dentre de alguns dias, mas nada que impeça o paciente de continuar com a sua rotina, não é necessário repouso. O efeito do tratamento é permanente, ou seja, adeus papada!

Quais os benefícios para o paciente?

Dentro de poucos dias após o procedimento o paciente já irá notar uma melhora na aparência, e conforme o número de sessões o contorno e definição do rosto vão mudando, proporcionando um aspecto mais jovem.

Outro benefício é o efeito tensor, que evita a flacidez da pele, mas esse é um efeito leve. Para pacientes com muita flacidez é preciso realizar outro procedimento estético que tenha efeito lifting, como o fios de sustentação pdo.

E aí o que você achou do procedimento de remoção de papada? Espero que esse post tenha inspirado você a continuar aprendendo sobre o assunto. Tenha em mente a necessidade de se especializar para realizar esse procedimento com excelência – como biomédico esteta você terá que estar sempre se atualizando.

Quer receber conteúdos como este toda a semana no seu e-mail? Assine a nossa newsletter!

Foto: Ilustração.

Lipo De Papada
Loading Facebook Comments ...

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Somos apaixonados pelo que fazemos e fazemos tudo por amor. Nosso compromisso é apenas com a verdade e com o que acreditamos e defendemos – a biomedicina estética é legítima, um direito do biomédico, do biomédico esteta, do graduando em biomedicina e, principalmente, de toda a sociedade beneficiada com as informações aqui divulgadas e como caminho de beleza e elevação da auto-estima.